Fundação Viva no 38º Congresso Brasileiro da Previdência Complementar Fechada

Teve início hoje em São Paulo o 38º Congresso Brasileiro da Previdência Complementar Fechada. O evento, que é promovido pela Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp), é o maior da América Latina no segmento e ocorre de 4 a 6 de outubro. Mais de 3,5 mil pessoas comparecerão ao Transamerica Expo Center nos três dias, entre dirigentes, empresários, sindicalistas, autoridades e representantes de entidades do setor.

Durante o Congresso, que tem como tema central ‘Uma nova realidade: Previdência Complementar para Todos’, serão abordados assuntos que refletem o futuro da Previdência Complementar e também possibilitam novas perspectivas para o sistema. Luciana Capuzzo, Analista no setor de Benefícios da Viva que está no stand da Engrenagem Virtual, montado em parceria com a Entidade, avalia a presença da Fundação no evento. “Enquanto colaboradora da Viva, acredito ser muito importante a Entidade estar inserida em um evento deste porte. É essencial para que o público possa conhece-la melhor e perceba que estamos apontando para um futuro bastante próspero”, diz.

Palestra

O presidente da Abrapp, Luis Ricardo Martins, apresentou no fim da manhã de hoje um balanço do setor, expondo os dados consolidados dos investimentos dos Fundos de Pensão, projeções para o encerramento do ano e expectativa para 2018. Além de falar sobre as propostas da Entidade apresentadas ao governo federal como contribuição à Reforma da Previdência. Segundo Martins, o momento é de reinvenção para a Previdência Complementar Fechada. “O sistema está consolidado, acabou de completar 40 anos e mostra a que veio. O total de participantes ativos das Entidades Fechadas de Previdência Complementar supera 2,5 milhões e os assistidos chegam a mais de 735 mil, enquanto o número de dependentes fica acima de 3,9 milhões de pessoas”, explica.

O Presidente citou também a necessidade de acompanhar a geração Y: “O nativo digital pensa diferente. A grande missão da previdência complementar fechada é criar produtos mais simples e flexíveis para atingir esse novo perfil de trabalhador”, finaliza.

Clique aqui para mais informações sobre o 38º Congresso Brasileiro da Previdência Complementar Fechada.

Compartilhe este artigo:

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

X