Começa a II Feira da Previdência, em Brasília

 

O tema “previdência complementar” continua em alta na capital federal. Um dia após a abertura da 5ª Semana Enef, o Sebrae Nacional deu início à Feira da Previdência, que ocorrerá nos dias 15 e 16 de maio. A Feira conta com palestrantes que vão tratar de temas como cenários econômicos, responsabilidade com o futuro, planejamento para a aposentadoria e hábitos saudáveis. Na área de exposição, o visitante pode receber atendimento do Sebrae Previdência, do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e demais expositores.  

O presidente da entidade, Afif Domingos, não pôde comparecer à abertura do evento na manhã desta terça-feira em Brasília (DF), mas enviou mensagem reproduzida no telão do auditório. “Nunca se falou tanto de aposentadoria como agora. Estamos com uma agenda da reforma previdenciária mostrando a seriedade deste assunto, que é o futuro das pessoas que hoje vivem muito mais e por isso a importância de se ter uma cobertura previdenciária que dará a tranquilidade necessária para aqueles que trabalharam por tantos anos. Desejo a todos um feliz encontro e confio no trabalho que está sendo realizado”.

O Diretor-Superintendente da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), Fábio Coelho, fez a abertura dos trabalhos. O gestor falou sobre a importância do planejamento para uma vida longeva e confortável. “Para a gente viver uma vida longa e com qualidade, certamente a preparação de uma parcela financeira é importante, ainda mais quando se chega à fase em que a nossa composição de gastos vai ser distinta do que temos hoje. Mas viver uma vida de cem anos está longe de se restringir a questão financeira”.

 

Palestras

O primeiro palestrante do dia foi Mansueto Almeida, Secretário do Tesouro Nacional. Ele mostrou uma linha do tempo com os principais fatos econômicos do País nos últimos 30 anos, como a criação da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) em 1986, a renegociação da dívida externa e os planos econômicos pelos quais o Brasil passou, como o Plano Cruzado (1986), Plano Bresser (1989), Planos Collor I e II (1990 e 1991) e o Plano Real (1994).

Outro tema tratado foi a redução da inflação no Brasil. “Quando o País gasta muito, não consegue financiar os seus gastos com recolhimento de impostos e com isso começa a emitir moeda, a gente vai para uma inflação. Esse era o cenário do Brasil nos anos 1970 e 1990. Em junho de 1994, por exemplo, em doze meses a inflação era perto de 5.000%. Esse ano será algo entre 3%, 3,5%. No ano passado foi 2,9% e segundo expectativa de mercado a inflação de 2017 a 2020 vai ficar um pouco abaixo de 4%”.

Ao longo de sua apresentação o Secretário também tratou de temas como o processo de envelhecimento da população brasileira, o perfil das famílias cada vez menores segundo o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a reforma previdenciária e os gastos com previdência. “O Brasil ainda é um País jovem, só que gasta com previdência o equivalente a um País que tem a proporção de idosos três a quatro vezes maiores”.

Posteriormente a psicóloga Luciane Fagundes palestrou sobre como lidar da melhor forma possível com a responsabilidade de se construir o futuro. Alguns questionamentos apresentados aos presentes foram respondidos, como quanto custa envelhecer, como formar recursos para se manter o padrão de vida no futuro e como ter fôlego financeiro para o que ela classificou como “maratona da vida”.

Ela falou sobre um fenômeno prejudicial na sociedade hoje em dia, dominada por novas tecnólogas como os dispositivos móveis e as redes sociais: a ostentação. “O consumo virou símbolo de inclusão social, onde ter é mais importante do que ser. Inventei um termo chamado “consumoterapia”, que engloba muito disso. As redes sociais interferem no comportamento, pois as pessoas fazem questão de se mostrar”.

O cronograma do evento seguiu ao longo da tarde com as palestras da Doutora em Psicologia Lúcia França, falando sobre a importância do planejamento na aposentadoria, e de Solange Frazão, profissional de educação física e apresentadora de TV, que falou sobre hábitos saudáveis para uma melhor qualidade de vida. Clique aqui para ver o hotsite da II Feira da Previdência da Previdência.    

 

Compartilhe este artigo:

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

X